sábado, 31 de dezembro de 2011

Obrigado!



Aprendi que devemos agradecer mais do que pedir. Então, agradeço pelas boas experiências que tive esse ano, principalmente com o Ufanisi que eu comecei devagar mas fiquei grato em saber das quantidade de pessoas que o acompanham e me incentivam a continuar. Agradeço também pelas experiências ruins. Elas serviram como aprendizado e me fizeram saber valorizar as pessoas que sempre estiveram comigo.
Enfim, obrigado a todos que contribuíram de alguma forma com esse blog e a todas as pessoas que fizeram a diferença na minha vida.
Espero que todos possamos traçar metas ao invés de fazer promessas. Siga seu coração, mas não esqueça a cabeça em casa ao sair.
Respeite os mais velhos, faça o que você quiser, contanto que não machuque, ofenda ou invada os direitos de ninguém. Ser feliz e fazer alguém feliz!
Feliz ano novo pra quem merece!
Ufanisi Sempre!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Sugestão de Filme: Cafundó (2005)



Loquei essa semana o filme Cafundó, de Paulo Betti e Clóvis Bueno. O filme fala sobre a vida do Preto Velho João de Camargo (interpretado por Lázaro Ramos), um homem que criou sua própria religião e conquistou adeptos de todo o país. João era contra as diversas formas de injustiça que existiam no Brasil e buscava fazer o que tivesse a seu alcance pra ajudar a vida das pessoas mais necessitadas, sem ganhar nada em troca.
 Cafundó se passa na cidade de Sorocaba-SP nas primeiras décadas após a abolição da escravidão e da proclamação da República (entre o final do século XIX e o começo do século XX). Enquanto acompanhamos a saga de João de Camargo, podemos perceber as incertezas que rondavam tanto os brancos quanto os Negros a respeito do que fazer agora que todos possuem  - ou deviam possuir - os mesmos direitos perante a lei.
Outra coisa muito interessante na obra é o trânsito entre as diversas religiões existentes no Brasil. Em uma sequência é possível ver o diálogo de João com os Orixás do Candomblé e da Umbanda, mas logo depois podemos ver igrejas e santos católicos. Sua religião acabou agregando um pouco de cada elemento cultural e despertando a ira dos setores mais conservadores da Igreja Católica, em nome do "progresso" e da preservação dos dogmas originais. Por conta de seu ofício, João de Camargo foi preso diversas vezes, mas continua a ser venerado como um santo e sua Igreja da Água Vermelha conquista um número crescente de fiéis até hoje.

Ficha Técnica

Título: Cafundó
Direção: Paulo Betti e Clóvis Bueno
Com: Lázaro Ramos, Leandro Firmino, Leona Cavalli, Luís Mello, Fransciso Cuoco e Paulo Betti
País: Brasil 
Ano: 2005
Gênero: Ficção
Duração: 102 min



terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Um jeito diferente de começar a semana

Ontem de manhã, enquanto minha namorada enrolava meu cabelo (ou vc achou que ele já acorda lindo e arrumado desse jeito?) eu ouvia o álbum Frank, de Amy Winehouse e falava pra ela o quanto eu gosto de ouvir mulheres cantando. E seguimos numa conversa despretensiosa por algumas horas, sem se preocupar com o rumo em que ela seguia. Foi um momento tão comum e, ao mesmo tempo, tão sublime e encantador que parecia durar para sempre. 
É incrível perceber o quanto as pessoas podem ter coisas em comum, mesmo depois de tantos anos de convivência. Me desculpem por este post meio egocêntrico, mas acho que quando a gente tá feliz tem de compartilhar mesmo!
Desejo o mesmo a cada um@ de vocês!
Ufanisi Sempre!


(Não Há) Amor Maior - (There's No) Greater Love, interpretada por Amy Winehouse

Não há amor maior
Do que o que eu sinto por você
Nenhuma canção mais doce
Nenhum coração tão verdadeiro

Não há emoção maior
Do que a que você me traz
Nenhuma canção mais doce
Do que a que você canta, canta pra mim

Você é a coisa mais doce que já conheci
E pensar que você é minha, só minha

Não há amor maior
Em todo o mundo, é verdade
Nenhum amor é maior
Do que o que eu sinto por você!

(Dedicado a Dayane, minha namorada)




sábado, 17 de dezembro de 2011

Outras linguagens...



A poesia não se perde,
Ela apenas se converte
pelas mãos no tambor.
Que desabafam histórias ritmadas
Como único socorro promissor...

(Trecho da música Brixton, Bronx ou Baixada d' O Rappa)

Morre aos 70 anos a cantora Cesaria Évora


A cantora Cesária Évora faleceu aos 70 anos, em Cabo Verde. A “Diva dos pés descalços”, como foi apelidada, sofria de insuficiência respiratória.
Em 23 de setembro deste ano, a cantora encerrou sua carreira, após cancelar muitos shows por conta de sua frágil saúde.
Évora ficou conhecida em todo o mundo somente aos 47 anos, no fim da década de 1980, com a canção “La diva aux pied nus”. Porém, ela iniciou sua carreira artística aos 16 anos, quando começou a cantar em bares e hotéis de Mindelo.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

CNJ determina promoção da juíza Luislinda Valois a desembargadora do TJ-BA


Juíza Luislinda vai receber cargo de desembargadora

Decisão foi unânime entre os membros do Conselho



Da redação
Em sessão ordinária realizada nesta terça-feira (6), em Brasília, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou que a juíza baiana Luislinda Valois fosse promovida ao cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O CNJ utilizou como argumento principal o critério de antiguidade para a concessão da promoção. O relator do caso, Jorge Hélio Chaves de Oliveira, e todos os demais conselheiros decidiram de forma unânime em prol do requerimento.

"É o reconhecimento da luta de uma mulher negra, rastafári, que conseguiu sair vitoriosa deste processo. É uma conquista para o povo negro da Bahia", afirmou  Luislinda, primeira juíza negra do Brasil. Desde agosto de 2010, ela ocupava o cargo de desembargadora substituta no TJ. Com a proximidade da aposentadoria compulsória, a nomeação de Valois como desembargadora titular poderia não ocorrer.

De acordo com a juíza, que acompanhou toda a audiência, o Tribunal deverá agora organizar a data da posse e a cerimônia oficial.


Sobre Valois


Valois foi a primeira juíza negra a proferir uma sentença contra o racismo no Brasil. Ela trabalhou no interior baiano até ser promovida para Salvador, em 1993. A juíza foi a responsável por reativar dezenas de Juizados Especiais em municípios da Bahia e criou e instalou a Justiça Itinerante e o Juizado Itinerante Marítimo.

Fonte: Correio 24 Horas

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Oxum nasce de Iemanjá e é curada por Ogum

Segue abaixo um dos mitos do nascimento de Oxum, uma das mais belas e vaidosas deusas do panteão Iorubá, retirado do livro Mitologia dos Orixás, de Reginaldo Prandi.

Ora iê iê ô! ("Salve a Senhora da Bondade!", em Iorubá)


Oxum foi a primeira filha de Iemanjá.
Mas sua concepção foi bem difícil.
Como Iemanjá não conseguia engravidar, foi aconselhar-se com os adivinhos.
Eles a mandaram levar ebó no rio a cada cinco dias.
Ao rio ela devia ir acompanhada de crianças.
Devia levar na cabeça um pote pintado de branco, para nele trazer água fresca para beber e para banhos.

Depois de muita espera, Iemanjá engravidou, mas continuou cumprindo as determinações de Ifá.
Um dia depois de entregar as oferendas, sentiu as dores do parto.
Pediu às crianças que se afastassem
e sozinha deu à luz Oxum.
Depois de três dias, o umbigo de Oxum começou a sangrar.
Nem os cuidados extremosos de Iemanjá resolveram.
Nada estancava o sangramento.
Iemanjá foi consultar Ifá de novo.
Foi recomendado que banhasse a criança com água fria e procurasse a ajuda de Ogum.
Ogum não se furtou a ajudar Iemanjá.
Foi aconselhar-se com Ossaim e na mata colheu folhas de língua-de-vaca, que ele macerou junto com pimentas verdes.
Com o remédio preparado por Ogum, Oxum sarou.
Oxum cresceu sadia e ficou moça bonita.
Oxum é a primeira filha de Iemanjá.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Djavaneando como sempre...

Mais do que uma música, "Pétala" é uma das mais belas poesias de Djavan, um dos caras mais completos que eu conheço. Muitas vezes a gente canta sem prestar a atenção devida nas músicas; por isso, dessa vez, coloquei só a letra, pra que você possa viajar pra algum lugar ou pra perto da primeira pessoa que você pensou ao ler isso. 
A música tem o poder de nos conectar às pessoas que amamos...




Pétala (Djavan)

O seu amor
Reluz
Que nem riqueza
Asa do meu destino
Clareza do tino
Pétala
De estrela caindo
Bem devagar...
Oh! meu amor!
Viver
É todo sacrifício
Feito em seu nome
Quanto mais desejo
Um beijo, um beijo seu
Muito mais eu vejo
Gosto em viver
Viver!
Por ser exato
O amor não cabe em si
Por ser encantado
O amor revela-se
Por ser amor
Invade
E fim!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Calendário Negro - Dezembro

João Cândido, o Almirante Negro

1 - O líder da Revolta da Chibata João Cândido após julgamento é absolvido. (1912)
1 - Dia Mundial da Luta Contra a AIDS
1 - Todas as unidades do Exército dos Estados Unidos (inclusive a Força Aérea, nesta época uma parte do exército) tiveram suas portas abertas para negros qualificados. (1941)
1 - Rosa Parks recusa-se a ceder o seu lugar num ônibus de Montgomery (EUA) desafiando assim a lei local de segregação nos transportes públicos. Este fato deu início ao "milagre de Montgomery. (1955)
1 - Festa Nacional da República Centro Africana. (1960)

2 - Dia Nacional do Samba.
2 - Nasce em Salvador (BA), o sumo sacerdote do Axé Opô Afonjá, escritor e artista plástico Deoscoredes Maximiliano dos Santos, Mestre Didi. (1918)
2 - Fundação na cidade de Salvador (BA), do Ilê Asipa, terreiro do culto aos egugun, chefiado pelo sumo sacerdote do culto, o Alapini Ipekunoye Deoscoredes Maximiliano dos Santos, o Mestre Didi. (1980)

Iansã

4 - Dia consagrado ao Orixá Oiá-Iansã.
4 - 22 marinheiros, revoltosos contra a chibata, castigo físico dado as marinheiros, são presos pelo Governo brasileiro, acusados de conspiração. (1910)

5 - Depois de resistir de 1630 até 1695, é completamente destruído o Quilombo dos Palmares. (1697)

6 - Nasce no Rio de Janeiro o cantor Emílio Vitalino Santiago - Emílio Santiago. (1946)

Frantz Fanon

6 - Morre aos 36 anos, vítima de leucemia, em Washington (EUA), o psiquiatra e político revolucionário Frantz Fanon. (1961)
6 - Morre aos 89 anos, de câncer, no Hospital Getúlio Vargas (RJ), João Cândido, o "Almirante Negro", líder da Revolta da Chibata. (1969)

8 - Nasce no Harlem, Nova Iorque (EUA), Sammy Davis Jr., um dos artistas mais versáteis de toda a história da música e do "show business" americano. (1925)


8 - Dia consagrado ao Orixá Oxum.

9 - Nasce em Monte Santo, Minas Gerais, o ator e diretor Milton Gonçalves. (1933)

10 - O líder sul-africano Nelson Mandela recebe em Oslo, Noruega o Prêmio Nobel da Paz. (1993).
10 - O Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, assina a nova constituição do país instituindo legalmente a igualdade racial. (1996)
10 - Dia Internacional dos Direitos Humanos, instituído pela ONU em 1948.

11 - O Presidente Geral do CNA, Cheif Albert Luthuli, recebe o Prêmio Nobel da Paz, o primeiro a ser concedido a um líder africano. (1960)


12 - Independência do Quênia. (1963)

13 - Dia consagrado a Oxum Apará, a mais jovem entre todas as Oxuns, de gênio guerreiro.

Luiz Gonzaga, o "Gonzagão", conhecido como o "Rei do Baião"

13 - Nasce em Exu (PE), o cantor, compositor e acordeonista Luiz Gonzaga do Nascimento, Luiz Gonzaga. (1912)

14 - Rui Barbosa assina despacho ordenando a queima de registros do tráfico e da escravidão no Brasil. (1890)

17 - Morre a Rainha Nzinga. (1663)

Steve Biko, líder revolucionário africano.

18 - Nasce em King William's Town, próximo a Cidade do Cabo, África do Sul o líder africano Steve Biko. (1946)
18 - A aviação sul-africana bombardeia uma aldeia angolana causando a morte dezenas de habitantes. (1983)

20 - A Lei n. 7 437, Lei Afonso Arinos inclui, entre as contravenções penais, a prática de atos resultantes de preconceito de raça, de cor, de sexo ou de estado civil, dando nova redação à Lei n 1 390, de 3 de julho de 1951. (1985)

25 - Criado no Tenesse, Estados Unidos, o grupo de intolerância racial Ku Klux Klan, que vestidos com longas roupas brancas e encapuzados, pregam a supremacia racial branca e perseguem e até mesmo matam os negros. (1865)
25 - Parte do Rio de Janeiro, o navio Satélite, levando 105 ex-marinheiros participantes da Revolta da Chibata, 44 mulheres, 298 marginais e 50 praças do Exército, enviados sem julgamento para trabalhos forçados no Amazonas. 9 marujos foram fuzilados em alto-mar e os restantes deixados nas margens do Rio Amazonas. (1910)

31 - Dia dos Umbandistas.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Dia da Baiana de Acarajé. Pela preservação de um Patrimônio Cultural Negro

"Baiana do Acarajé". Óleo sobre tela. Pintura de Miranda.


Hoje, 25 de novembro, na Bahia, é o dia da baiana de acarajé. Já faz um tempo que eu queria falar sobre o assunto, já que eu adoro acarajé, caruru, vatapá e tudo que chamam por aí de "comida baiana" (escrever isso às 13:30 da tarde dá uma fome danada...).
Enfim, o que eu queria dizer é que não vejo mais as típicas baianas de acarajé com a mesma frequência que via antigamente. Na minha infância era fácil ver aquelas baianas vestidas de branco, com todas as suas contas coloridas no pescoço, seu turbante etc., mas hoje essa cultura parece estar se perdendo. Mesmo depois do ofício de baiana ter sido registrado em 2005 como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), vejo - com muito pesar - que o acarajé pouco a pouco vai se tornando um produto qualquer, vendido em qualquer lugar, por qualquer pessoa.
Até em locais tradicionais como o Campo Grande, as antigas baianas não existem mais. Parece que tá se tornando um personagem folclórico, como aquelas do Pelourinho ou do Aeroporto 2 de JULHO, que ficam recepcionando e tirando fotos com os turistas.
O ofício de baiana de acarajé se interliga com vários outros aspectos da cultura das populações Negras africanas e afrodescendentes, desde as primeiras que aportaram aqui na Bahia, e vendido de maneira mais sistemática às vésperas da abolição formal da escravidão. Por isso, não é coincidência o fato de várias baianas serem adeptas do Candomblé, gostarem do velho samba-de-roda, serem esposas ou mães de capoeiristas. 
Daí vem a "demonização" desta profissão, assim como alguns setores evangélicos ainda fazem com as tradicionais manifestações culturais/religiosas de origem afrodescendente.
Neste dia, o que eu gostaria de EXIGIR é respeito pelo meu povo, pelos meus ancestrais e pela minha cultura. Lembre-se sempre que o nome é acarajé, não "bolinho de Cristo" como uma evangélica tentou me convencer uma vez. Que cada um faça o que quiser, mas respeite o direito dos outros. E que as baianas consigam vencer mais essa batalha.

domingo, 20 de novembro de 2011

Dia da Consciência Negra. Dia de reflexões

O país cresce, se consolida na esfera internacional, redistribui renda, diminui a taxa de analfabetismo, sobe posições em seu IDH e mantém sua população negra em padrões de vida semelhantes aos países da África Subsaariana. O país vai bem, os negros vão mal. (Douglas Belchior e Jaime Amparo Alves)



Mais do que apenas comemorações e tambores, neste dia 20 de Novembro, não podemos esquecer que o racismo ainda é muito grande no Brasil. Que nós Negros e Negras ainda temos salários inferiores aos dos brancos, ainda que desempenhemos as mesmas funções. Que ainda somos minoria nas universidades públicas, sobretudo em cursos de maior prestígio, como Medicina e Direito, apesar das Ações Afirmativas que, mesmo sofrendo duras críticas daqueles que sentem o seu "lugar ameaçado", estão fazendo um bom papel através do Sistema de Cotas na tentativa de democratizar o acesso das pessoas que historicamente ficaram à margem do "progresso".
Os Negros ainda são ignorados pela mídia nos comerciais, em papéis de destaque e em aspectos positivos, restando apenas as páginas e programas policiais.
O presidente dos Estados Unidos, a Miss Universo, as vencedoras do Prêmio Nobel da Paz e outras pessoas notáveis no mundo são Negras, sinal de que a mudança já começou em vários aspectos. Essas mudanças ainda precisam chegar até o Brasil de maneira mais efetiva. Já provamos que, ao contrário das teorias racialistas do século XIX, que ainda ecoam no século XXI, somos bonitos, inteligentes e capazes, como qualquer outra pessoa, o que nos falta ainda são as oportunidades. Mas não precisaremos pedir, continuaremos conquistando o que é nosso com os nossos próprios esforços!
Viva Zumbi!
Salve os Panteras Negras e os heróis da Revolta dos Búzios!
Salve Nelson Mandela, Martin Luther King, Bob Marley, Mestre Pastinha, Mestre Roque, Vovô do Ilê, Angela Davis, Mãe Stella de Oxóssi, Elisa Lucinda e todos os Negros e Negras que se separaram de suas famílias, atravessaram oceanos e sangraram durante séculos de escravidão para que eu pudesse estar aqui hoje escrevendo isso.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Cais





Nunca parti deste cais
e tenho o mundo na mão!
Para mim nunca é demais
responder sim
cinquenta vezes a cada não

Por cada barco que me negou
cinquenta partem por mim
e o mar é plano e o céu azul sempre que vou!


Mundo pequeno para quem ficou...

(Poema do cabo-verdiano Manuel Lopes)

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Inscrições para o Afro XXI estão abertas na internet

O evento ainda terá ampla programação cultural em celebração ao Ano Internacional dos Afrodescendentes


Inscrições podem ser feitas até 13/11 no endereço eletrônico www.funag.gov.br/afro21

 Estão abertas as inscrições para o Encontro Ibero-americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes (Afro XXI), que acontece em Salvador, entre os dias 16 e 19 de novembro, no Centro de Convenções da Bahia. Na ocasião, líderes da sociedade civil, de governos e parlamentares de países ibero-americanos e africanos vão se reunir para refletir sobre a realidade da população negra nos países participantes e propor novas ações que assegurem os direitos dos povos afetados pelo racismo.
O Afro XXI também faz parte da comemoração dos dez anos da Conferência Mundial das Nações Unidas contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e Intolerâncias Correlatas, que ocorreu em Durban, na África do Sul. A partir desse evento, as políticas públicas nessa área ganharam impulso em vários países participantes, inclusive noBrasil, onde foi criada em 2003 a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), com uma série de ações efetivas. A reunião em Salvador vai celebrar as contribuições dos descendentes de africanos para a América Latina e o Caribe.
A ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, ressaltou que esse é o momento de avaliar os documentos que foram produzidos em Durban e fazer um balanço dos avanços obtidos, recomendando novas estratégias para a superação do racismo e da discriminação racial. "Esperamos que as conclusões obtidas em Durban sejam refletidas no documento que será produzido pela sociedade civil e os chefes de Estado", disse a ministra, referindo-se à Carta de Salvador, que será produzida durante o evento.
O encontro é uma parceria da Secretaria Geral Ibero-americana (Segib) com o governo brasileiro, através da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Também fazem parte o Governo do Estado da Bahia, representado pelas secretarias de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), de Cultura (Secult), e de Relações Internacionais (Serinter), além da Organização das Nações Unidas (ONU), da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag), da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid), e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

terça-feira, 1 de novembro de 2011

É o Mundo Negro que viemos mostrar pra você!

Ilê Aiyê, que significa "Mundo Negro" em Iorubá completa 37 anos
Parabéns ao Ilê Aiyê, primeiro bloco afro do Brasil, fundado em 1º de novembro de 1974, no local de maior concentração de negros do país, o bairro do Curuzú-Liberdade, desfilando (e chocando) no carnaval de 1975 em Salvador, Bahia. 
Até hoje tem gente que acha que o "Mais Belo dos Belos" pratica o "racismo ao contrário" por não aceitar brancos, em represália aos tradicionais blocos de "gente bonita" (como se nós não o fôssemos...) que simplesmente excluem a participação das populações Negras (a menos que estas se submetam a servir de cordão humano para separar seus associados do resto dos foliões).
Ao usar a expressão "racismo ao contrário" se referindo a supostos atos discriminatórios de Negros contra brancos, fica implícita a origem do racismo e a quem ele atinge com mais força, já que, em tese, não existe racismo "ao contrário". 
O Ilê Aiyê tem por objetivo preservar, valorizar e expandir a cultura Negra, seja africana, seja brasileira ou de qualquer lugar do mundo. Por isso, desde sua fundação, o bloco homenageia países africanos ou majoritariamente Negros, além de revoltas Negras pelo Brasil e suas diversas expressões culturais.
A introdução de roupas, elementos, instrumentos e ritmos de origem africana causou uma revolução no carnaval da Bahia. Claro que isso já acontecia antes, mas havia sido suprimido pelos bailes carnavalescos de salão. Na era dos trios elétricos, o Ilê "chocou" a sociedade soteropolitana ao colocar sua "cara preta" na rua. Visto com desconfiança no começo (até porque a década de 1970 foi o auge da ditadura militar no Brasil), atualmente o Ilê Aiyê é, segundo suas próprias palavras, "um patrimônio da cultura baiana, um marco no processo de reafricanização do carnaval da Bahia".


Calendário Negro - Novembro

Pai Santana faleceu hoje, 01 de novembro de 2011

1 - Fundação em Salvador (BA), do Bloco Afro Ilê Ayê. O mais antigo do Brasil e o primeiro bloco exclusivo para Negros no carnaval de Salvador. (1974)
1 - Morre aos 77 anos, Eduardo Santana, o "Pai Santana", famoso pai de santo e massagista do Clube de Regatas Vasco da Gama (2011)
1 - Morre aos 45 anos, no Rio de Janeiro, o escritor Afonso Henrique de Lima Barreto, 48 horas antes do falecimento de seu pai. (1922)

2 - Morre, aos 54 anos, vítima de enfarte, durante o sono, em sua casa em Jacarepaguá, a cantora e compositora Jovelina Faria Belford, Jovelina Pérola Negra. (1998)

4 - Assembléia Nacional do MNU - Movimento Negro Unificado - realizada em Salvador (BA) declara 20 de Novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares, Dia Nacional da Consciência Negra. (1975)

5 - O Governo sul-africano anuncia a libertação de um dos líderes históricos do Congresso Nacional Africano, Goban Mueke, condenado à prisão perpétua vinte e quatro anos. (1987)

7 - Através de um projeto apresentado ao Senado pelo Marquês de Barbacena, é aprovada a Lei Diogo Feijó, primeira lei proibindo o tráfico de escravos. A Lei "Declara livres todos os escravos vindos de fora do Império, impõe penas aos importadores dos mesmos escravos. (1831)
7 - Carl Stokes de Cleveland e Richard Hatcher de Gary tornam-se os primeiros prefeitos negros das principais cidades dos Estados Unidos. (1967)
7 - O jogador de basquete americano Magic Johnson, anuncia à imprensa ser portador do vírus HIV. (1991)
"Magic" Johnson, jogador do Los Angeles Lakers, anunciou ser portador do HIV em 7 de novembro de 1991.


8 - São enforcados e esquartejados na cidade de Salvador (BA), os alfaiates João de Deus Nascimento e Manuel Faustino dos Santos Liro e os soldados, Lucas Dantas de Amorim Torres e Luís Gonzaga das Virgens, líderes da Revolta dos Alfaiates ou Conjuração Baiana. (1799)

9 - Nos Estados Unidos, o lutador de boxe Evander Holyfield nocauteia o campeão Mike Tyson e iguala o recorde de Muhammed Ali, ao conquistar por três vezes o título mundial dos pesos pesados. (1996)

11 - As forças do Governo, sob o comando de Caxias, conseguem destruir o Quilombo de Manuel Congo. (1838)
11 - Independência de Angola. (1975)

12 - Nasce no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Paulo César Batista de Faria - Paulinho da Viola, considerado um dos mais talentos compositores brasileiros

13 - Madame Lilian Evanti, cantora de ópera, funda a Companhia Nacional de Ópera Negra nos Estados Unidos. (1941)
13 - Nasce em Nova Iorque (EUA), a atriz Caryn Johnson - Whoopi Goldberg. (1949)
13 - A Corte Suprema dos Estados Unidos decide que a segregação nos ônibus é inconstitucional. (1956)
13 - Morre aos 92 anos, Vicente Ferreira Pastinha - Mestre Pastinha, o maior capoeirista do Brasil. (1982)
Mestre Pastinha, precursor da Capoeira Angola no Brasil faleceu em  13 de novembro de 1982



18 - Morre Antônio Francisco Lisboa - Aleijadinho, entalhador, arquiteto e escultor barroco, na Cidade de Ouro Preto (MG). (1814)
18 - Publicação no Diário Oficial do despacho de Rui Barbosa de 14/11/1890, ordenando a queima de livros e documentos referentes a escravidão no Brasil. (1890)

19 - O jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento, "Pelé", marca o milésimo gol de sua carreira, na partida Vasco da Gama X Santos, realizada no Maracanã. (1969)

20 - Morre Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. (1695)
20 - Dia Nacional da Consciência Negra. 20 - Fundação do Afoxé Oju-Obá em Salvador (BA).


21 - Nasce em São Luís, Maranhão, a cantora Alcione Nazareth - Alcione. (1947)

22 - Ocorre no Rio de Janeiro a Revolta da Chibata tendo como metas a abolição dos castigos corporais, melhoria do soldo e da alimentação para os marinheiros que eram tratados como escravos. (1910)


23 - Nasce na cidade de Salvador (BA), o cantor e compositor Carlinhos Brown. (1964)

25 - Dia Nacional Contra à Violência a Mulher.
25 - Dia da Baiana do Acarajé.
25 - A Comunidade de Remanescentes de Quilombos de Boa Vista, município de Oriximirá, (PA), recebe a escritura coletiva da propriedade. É a primeira comunidade no Brasil a receber a titulação. (1995)

26 - Morre em Paris, aos 78 anos, o ator Sebastião Bernardes de Souza Prata - Grande Othelo, glória da dramaturgia brasileira. (1993)

27 - É registrado no segundo livro de registro de direitos autorais da Biblioteca Nacional, folha 217, com o n 2 295, a música Pelo Telefone. Primeiro samba gravado no Brasil. (1916)


27 - Nasce às 10h e 15m, em Seattle, Washington (EUA), o músico James Marshall Hendrix, Jimi Hendrix, um dos maiores guitarristas do mundo. (1942)

29 - Nasce em Belo Horizonte (MG), a escritora Maria da Conceição Evaristo de Brito - Conceição Evaristo. (1946)

30 - Nasce em Ilhéus (BA), o zagueiro da Seleção Brasileira de Futebol, Aldair Nascimento dos Santos. (1965)
30 - Morre de câncer, aos 72 anos de idade, no Rio de Janeiro, o compositor Angenor de Oliveira - Cartola. (1980)

sábado, 29 de outubro de 2011

Persistência!




"Quando você está construindo uma casa e um prego quebra, você deixa de construir, ou você muda de prego?"


(Sabedoria ancestral africana)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Libação, Por Elisa Lucinda


Cena do filme "À Procura da Felicidade", com Will e Jaden Smith.


É do nascedouro da vida a grandeza.
É da sua natureza a fartura
a proliferação
os cromossomiais encontros,
os brotos os processos caules,
os processos sementes
os processos troncos,
os processos flores,
são suas mais finas dores

As conseqüências cachos,
as conseqüências leite,
as conseqüências folhas
as conseqüências frutos,
são suas cores mais belas

É da substância do átomo
ser partível produtivo ativo e gerador
Tudo é no seu âmago e início,
patrício da riqueza, solstício da realeza

É da vocação da vida a beleza
e a nós cabe não diminuí-la, não roê-la
com nossos minúsculos gestos ratos
nossos fatos apinhados de pequenezas,
cabe a nós enchê-la,
cheio que é o seu princípio

Todo vazio é grávido desse benevolente risco
todo presente é guarnecido
do estado potencial de futuro

Peço ao ano-novo
aos deuses do calendário
aos orixás das transformações:
nos livrem do infértil da ninharia
nos protejam da vaidade burra
da vaidade "minha" desumana sozinha
Nos livrem da ânsia voraz
daquilo que ao nos aumentar
nos amesquinha.

A vida não tem ensaio
mas tem novas chances

Viva a burilação eterna, a possibilidade:
o esmeril dos dissabores!
Abaixo o estéril arrependimento
a duração inútil dos rancores

Um brinde ao que está sempre nas nossas mãos:
a vida inédita pela frente
e a virgindade dos dias que virão!

(Do livro euteamo e suas estréias)

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tão Raro - Djavan



Naquele instante
Em que o dia cai
E o sol finge brilhar
Pra noite

Todos os pássaros
Buscam um canto pra sonhar
E todo desejo é maior, hum!...

Quer me torturar, hein?
O que mais eu quero
É saber se me quer ou não

O que desejar, tem
O mais sincero
Tudo em mim é você
Veja bem, hum!...

Naquele instante
Em que o dia cai
E o sol finge brilhar
Pra noite

Tudo é tão raro
Quanto é inviável
Ter que se achar na vida
Amando só.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Guerra (Tradução de "War", de Robert Nesta Marley)


Mais do que uma letra de música, Bob escreveu um manifesto contra o racismo e as desigualdades que existem em diversas partes do mundo, sobretudo no continente africano.




Até que a filosofia 
que sustenta uma raça superior e outra inferior,
Seja finalmente e permanentemente desacreditada e abandonada
Haverá guerra, eu digo guerra.

Até que não existam cidadãos de primeira
E de segunda classe de qualquer nação
Até que a cor da pele de um homem
Seja menos significante do que a cor dos seus olhos
Haverá guerra

Até que todos os direitos basicos sejam igualmente
Garantidos para todos, sem discriminação de raça,
Guerra

Até esse dia
O sonho de paz duradoura, da cidadania mundial e
As regras da moralidade internacional,
Permanecerão como ilusões fugares
Para serem perseguidas, mas nunca alcançadas
Agora haverá guerra, guerra.

Até que os regimes ignóbeis e infelizes,
Que aprisionam nossos irmãos em Angola, em Moçambique,
África do Sul em condições subumanas,
Sejam derrubados e inteiramente destruídos haverá
Guerra, eu disse guerra.

Guerra no leste, guerra no oeste,
Guerra no norte, guerra no sul,
Guerra, guerra, rumores de guerra.

Até esse dia, o continente africano
Não conhecerá a paz, nós africanos lutaremos
Se necessário e sabemos que vamos vencer,
Porque estamos confiantes na vitória

Do bem sobre o mal,
Do bem sobre o mal...


Link da música:

sábado, 15 de outubro de 2011

Feliz Dia do Professor!


A todas as pessoas que dedicam boa parte do seu tempo, muitas vezes tendo que abdicar dos próprios filhos, para educar os filhos de pessoas que sequer conhecem. Pessoas que se esforçam pela educação, apesar de todas as dificuldades impostas pelos poderes públicos, e mesmo sem o devido reconhecimento ou remuneração.
Que ninguém nunca se esqueça que TODOS os médicos, engenheiros, advogados, juízes, presidentes, governadores, ministros etc. já foram analfabetos um dia. E que houve alguém que durante muitos anos se esforçou pacientemente para educá-los e prepará-los para o que todos se tornaram.
Agradeço a D. Maristela e Sr. Gilson (meus pais) por terem sido meus primeiros professores, me dando exemplos e apontando o caminho certo. Agradeço também a todos os educadores que passaram pela minha vida, desde a Tia Rosa da alfabetização até os Doutores do Programa de Pós-Graduação da UNEB, pois todos tiveram grande importância no que me tornei hoje.
Ser professor ainda vale muito a pena!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Atriz Thalma de Freitas registra queixa contra PMs por abuso de autoridade



Revista não encontrou nada ilegal, e mesmo assim ela foi detida. Na delegacia, atriz ainda passou por outra revista íntima.




A atriz e cantora Thalma de Freitas registrou queixa nesta sexta-feira (14) contra dois policiais militares por abuso de autoridade.
No fim da tarde, Thalma estava voltando da casa do namorado, que fica em um condomínio perto da comunidade do Morro do Vidigal, no Leblon, Zona Sul do Rio, quando foi abordada pelos policiais.
Os PMs fizeram uma revista, mas não encontraram nada ilegal. A atriz foi levada no carro da policia para o 14 ª DP (Leblon). Na delegacia, ela passou por uma revista íntima feita por policiais femininas. Mais uma vez, nada foi encontrado.
Thalma de Freitas decidiu então registrar a queixa contra os PMs, que vão responder por abuso de autoridade.

Fonte: G1
.

Casa onde nasceu a Umbanda, em São Gonçalo (RJ), começa a ser demolida




A casa onde foi fundada a umbanda, no bairro de Neves, em São Gonçalo, começou a ser demolida nesta segunda-feira Foto: Bruno Gonzalez / Extra


Herculano Barreto Filho


A história do surgimento da umbanda, que começou a ser escrita numa casa centenária na Rua Floriano Peixoto, em Neves, São Gonçalo, no Rio de Janeiro, está reduzida a escombros. O antigo terreiro de Zélio de Moraes, que abrigou as primeiras sessões da única manifestação religiosa 100% brasileira, em 1908, começou a ser destruído nesta segunda-feira. O berço da religião poderia ter sido salvo por um decreto da prefeita Aparecida Panisset — que é evangélica. Mas a prefeitura deixou que o imóvel fosse degradado pelo tempo, vendido e, finalmente, posto abaixo.
A fachada e a parte lateral do imóvel já foram derrubadas. A casa deve ser totalmente demolida até sexta-feira, segundo o mestre de obras Gilson Derbui, de 54 anos. Ele coordena a equipe de oito trabalhadores, entre pedreiros e ajudantes, que trabalha há quatro meses na obra.
— Essa casa está em ruínas. A madeira está cheia de cupim, e poderia ocorrer um desabamento a qualquer momento — afirma.
O terreno, que pertencia à família do fundador da umbanda, foi vendido no fim de 2010 ao militar Wanderley da Silva, de 65 anos, que irá transformar o local numa loja de alumínio. O novo proprietário não foi encontrado.
As paredes da sala, que já serviram de abrigo às manifestações religiosas, exibem contas de material de construção, rabiscadas a lápis pelos pedreiros que trabalham lá. Um dos quartos virou depósito, com sacos de cimento empilhados. Na área, um fogão aquece a marmita, o café e a comida para o cachorro Leão, que protege a obra nas madrugadas.
Até a reportagem do último domingo do EXTRA, o berço da umbanda era um patrimônio desconhecido por moradores e pedreiros.
— Fui criado aqui e nunca ouvi falar disso — garante o comerciante Antonio Almeida Ferreira, de 43 anos, que mora em frente ao local desde a infância.
O pedreiro Edno Correia da Silva, o Neneco, de 48 anos, é umbandista. E se supreende quando é informado que estava colocando abaixo o local onde a sua religião foi criada:
— Cheguei a me arrepiar.



Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/religiao-e-fe/casa-onde-nasceu-umbanda-em-sao-goncalo-comeca-ser-demolida-2722887.html#ixzz1ame2Tpli

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Lições de Malcolm X



"Aprendi ainda muito cedo que gritar e chorar em protesto poderia proporcionar-me o que eu estivesse querendo. 
Meus irmãos mais velhos e minha irmã já tinham começado a frequentar a escola. De vez em quando, entravam em casa e pediam um biscoito ou outra coisa qualquer pra comer. Impacientemente, minha mãe dizia-lhes "não". Mas eu gritava e armava a maior confusão, até que conseguia o que queria.
Lembro perfeitamente que um dia minha mãe perguntou por que eu não poderia ser um bom menino como Wilfred. Mas eu achava que Wilfred, por ser tão quieto, um bom menino, muitas vezes ficava com fome. Assim, bem cedo na vida, aprendi que é preciso gritar e fazer o maior barulho quando se deseja alguma coisa."

(Malcolm X, Autobiografia, p. 21.)



sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Sugestão de filme: Kiriku e a Feiticeira (1998)

"Kiriku é pequeno... mas ele é valente... mas ele é valente..."


Fui apresentado a esse filme há alguns anos atrás, já na universidade, nas aulas de África. Desde então, já dei de presente à minha sobrinha e já o exibi nas escolas por onde passei.
Kiriku e a Feiticeira é um filme de animação produzido entre a Bélgica, a  França e Luxemburgo, e conta a saga do pequeno Kiriku contra a feiticeira Karabá, que promovia diversos atos de maldade contra a sua vila. Enquanto se aventura pelas diversas paisagens africanas, Kiriku vai explorando diversos aspectos de sua cultura, como a musicalidade e a felicidade nas coisas simples da vida.
Inspirado em contos africanos, Kiriku e a Feiticeira nos ensina sobre o poder da Ancestralidade, sobre o respeito à Natureza e valores como a coragem e a justiça.
Excelente pra todas as idades. Quem ainda não assistiu, vale a pena conferir!



Informações Técnicas


Título: Kiriku e a Feticeira (Kirikou et la Sorcière)
Diretor: Michel Ocelot
Países de Origem: França, Bélgica e Luxemburgo
Ano de Lançamento: 1998
Gênero: Animação
Duração: 71 minutos


Calendário Negro - Outubro


1 - Independência da Nigéria. (1960)

2 - Cento e onze detentos da Penitenciária do Estado de São Paulo, no bairro do Carandiru, morrem assassinados pela Polícia Militar, após rebelião. O fato ficou conhecido como o Massacre do Carandiru. (1992)

6 - O Bloco Afro Ilê Aiyê através da resolução n. 4003/89 devido ao trabalho de conscientização e difusão da cultura negra torna-se uma entidade de utilidade pública. (1989)
6 - Criação do Coletivo de Mulheres Negras de São Paulo. (1983)

7 - Nasce nos Estados Unidos, o fundador do movimento "Black Muslims", Elijah Muhammed. (1897)

9 - Nasce em São Paulo, o poeta, ficcionista, crítico e ensaísta, Mário Raul de Morais Andrade - Mário de Andrade. (1893)
9 - Nasce em Nova Orleans (EUA), Ernest "Dutch" Moreal, primeiro prefeito negro de Nova Orleans. (1929)
9 - Independência de Uganda. (1962)
9 - Nasce em Campos (RJ), o jornalista, orador, publicista e político, José Carlos do Patrocínio - José do Patrocínio. (1853)

10 - Nasce em Irará (BA), o goleiro da Seleção Brasileira de Futebol Nelson de Jesus Silva, Dida. (1973)

11 de outubro é a data de nascimento de Cartola

11 - Nasce no Catete (RJ), Angenor de Oliveira, Cartola. Compositor, poeta e fundador da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Compôs sucessos como: "Não quero mais amar ninguém", "Quem me vê sorrir", :Divina Dama", "As rosas não falam". (1908)

12 - Dia consagrado a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.
12 - Independência de Guiné-Equatorial. (1968)

13 - Fundação no Rio de Janeiro, do T.E.N. - Teatro Experimental do Negro. (1944).
13-Martin Luther King é informado de que fora o ganhador do Prêmio Nobel da Paz daquele ano. (1964)

15 - O atleta João Carlos de Oliveira, João do Pulo, bate o recorde mundial do salto triplo, nos Jogos Pan-Americanos na Cidade do México com a marca de 17,89m. (1975)
15 - Morre na cidade de Salvador (BA), aos 67 anos, de parada cardíaca, a ialorixá Cleusa Millet, Mãe Cleusa, sucessora de Mãe Menininha do Gantois. (1998)

16 - Nasce em Caratinga (MG) o cantor Agnaldo Timóteo. (1936)
16 - O Presidente de Burquina Faso, Thomas Sankara é assassinado após um golpe de estado liderado por seu antigo companheiro Blaise Campocouré. (1987)
16 - Libertação dos escravos em Pelotas (RS). (1884)
16 - Publicação de Lei proibindo o açoite nos castigos aos escravos. (1886)
16 - Morre em Nova Iorque (EUA), o consagrado baterista Art Blakey. (1990)


16 - Os atletas americanos Tommie Smith e John Carlos, medalhas de ouro e bronze nos 200 metros rasos nos Jogos Olímpicos do México, tornam-se mundialmente conhecidos ao subirem o pódio e acompanharem a execução do Hino Nacional Americano com os punhos erguidos calçados por luvas pretas, saudação característica do Movimento Black Power (Poder Negro). (1968)

17 - O imperador do Haiti Jean Jacques Dessalines é assassinado. (1806).

18 - Nasce o cantor e instrumentista Chuck Berry. (1926).
18 - Morre enforcado pelo governo racista da África do Sul, o poeta e militante do CNA - Congresso Nacional Africano - Benjamim Malisela Moloise. (1985).

19 - É publicado no Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, o folhetim triste Fim de Policarpo Quaresma, do escritor Lima Barreto. (1911)
19 - Nasce em Grange Hill, Westmore Land, Jamaica, Winston Hubert Mc'Intosh - Peter Tosh - "O Furacão da Jamaica". (1944).

23 - Nasce em Três Corações (MG), o jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento - Pelé. (1940)

Apesar de ser "mineiro de coração", Milton Nascimento nasceu no Rio de Janeiro, em 26 de outubro de 1942

26 - Nasce no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Milton Nascimento, autor de "Travessia", "Canção da América", "Nos Bailes da Vida", entre outras canções de sucesso. (1942)
26 - Morre no Rio de Janeiro, o humorista Tião Macalé. (1993)

29 - Nasce no Senegal o antropólogo, químico, historiador, lingüista e egiptólogo Cheikh Anta Diop. (1923)


30 - Nasce em Porto Alegre (RS), José Maria Vianna Rodrigues, o primeiro professor negro a lecionar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (1918)

31 - Surge em Esmeralda, Equador, a primeira Comunidade Negra das Américas que não sofreu a escravidão. (1553)